Boletim Epidemiológico

Boletim Epidemiológico
BOLETIM CORONAVÍRUS | 26-09-2020

Este boletim é produzido pela Secretaria Municipal de Saúde de Vacaria. Informamos que os dados do município podem ser diferentes dos dados divulgados pelo Boletim Estadual, devido à interligação dos sistemas município/estado acontecer de forma lenta, tendo em vista a quantidade de atualizações que o governo do estado recebe diariamente.

----------------------------------------------------------

TOTAL DE CASOS CONFIRMADOS: 851
TOTAL DE CASOS RECUPERADOS: 799

CASOS CONFIRMADOS (LACEN): 107
   - Pacientes recuperados: 86
   - Óbitos: 20
   - Internados Positivos no Hospital: 1
   - Internados Positivos na UTI: 1 
(Sendo o paciente de outro município)
   - Pacientes Positivos Transferidos: 0
   - Pacientes monitorados: 0

INTERNADOS NEGATIVOS: 0 
(Pacientes internados na ala covid do hospital, que estavam com suspeita de coronavírus e que após exame obtiveram resultado negativo, porém o paciente ainda continua ocupando um leito da ala covid.)

----------------------------------------------------------

TESTES RÁPIDOS (TR) REALIZADOS: 10748
   - Testes Rápidos Positivos: 744
   - Pacientes recuperados: 713
   
----------------------------------------------------------
 
CASOS INTERNADOS (SUSPEITOS): 2

CASOS EM ANÁLISE: 2
PACIENTES EM ISOLAMENTO: 88 
(Sendo 31 pacientes por TR positivos) 

Entenda abaixo como é estruturado o Boletim Epidemiológico:

----------------------------------------------------------

TOTAL DE CASOS CONFIRMADOS
É o total de casos confirmados pelo Laboratório Central (LACEN) mais o total de casos positivos realizados pelos Testes Rápidos.

----------------------------------------------------------

TOTAL DE CASOS RECUPERADOS
É o total de casos com testes positivos (LACEN + Testes Rápidos) para o Coronavírus e que já estão recuperados.

----------------------------------------------------------

CASOS CONFIRMADOS (LACEN)
São todos os casos que foram submetidos à coleta de Swab e enviados para análise no Laboratório Central (LACEN) pelo método de biologia molecular (RT-PCR em tempo real, detecção do vírus SARS-CoV2) e obtiveram resultado positivo para a COVID-19.

- Pacientes recuperados
Após o período de quarentena, estipulado em 14 dias, se o paciente não apresentar mais nenhum sintoma da doença, e após receber avaliação médica o mesmo é liberado.

- Óbitos
Pacientes que faleceram devido ao Coronavírus.

- Internados Positivos no Hospital
São pacientes positivos para o coronavírus internados no Hospital Nossa Senhora da Oliveira, na área “Covid”, e Unidade de Terapia Intensiva (UTI)

- Pacientes monitorados
São pacientes positivos e em monitoramento pelas Unidades Básicas de Saúde até completarem o período de 14 dias.

----------------------------------------------------------


TESTES RÁPIDOS REALIZADOS

Trata-se de um teste rápido de triagem para auxílio diagnóstico, de fácil execução, e com resultado em poucos minutos.

É importante sabermos que os Testes Rápidos apresentam suas limitações, podem apresentar resultados falso-positivo, ou falso-negativo, por isso seu resultado deve sempre ser interpretado por um profissional de saúde.

São realizados pela rede Pública de Saúde e Laboratórios Privados do município.

Os testes rápidos detectam os anticorpos que o corpo produz após contato com o vírus. Por isso, em geral, os testes são realizados a partir do 10º dia do início dos sintomas do paciente.


Por se tratar de um patógeno novo, a resposta imune (produção de anticorpos) contra o novo coronavírus (SARS Cov 2), ainda está sendo estudada e elucidada.

Testes Rápidos Positivos

- Imunoglobulina tipo M (IgM): geralmente, é o primeiro anticorpo a aparecer após contato com o vírus. Este tipo de anticorpo não permanece para sempre no indivíduo, ele aparece no início da doença, e começa a diminuir algum tempo depois, por isso é associado com a fase precoce da doença.

- Imunoglobulina tipo G (IgG): geralmente, aparece numa fase mais tardia após contato com o vírus, permanecendo positivo por muito tempo. Por isso é considerado marcador de imunidade contra o vírus.

----------------------------------------------------------


CASOS INTERNADOS (SUSPEITOS)
São casos SUSPEITOS, ainda não confirmados para o coronavírus, e que se encontram internados no hospital, aguardando o resultado das análises das amostras encaminhadas ao LACEN.

CASOS EM ANÁLISE
São casos SUSPEITOS, ainda não confirmados para o coronavírus, e que se encontram aguardando o resultado das análises das amostras encaminhadas ao LACEN.

PACIENTES EM ISOLAMENTO DOMICILIAR
São pessoas com quadro de Síndrome Gripal em isolamento domiciliar monitoradas por 14 dias.
 

VOLTAR

Compartilhe: